fbpx

| Sem Categoria

Estagiária: 3 meses na agência

Estagiária: 3 meses na agência

Três meses sendo estagiária, confesso que não é pra qualquer um. O mercado de trabalho é diferente do que nos ensinam na faculdade, isso já não é mais novidade para ninguém, mas assusta mesmo assim. A primeira visão tudo que passa pela sua cabeça é: “espero não fazer nada de errado”. Ah, como se isso fosse mesmo acontecer. Ainda mais em 3 meses na agência de publicidade.

Mas, quando olhamos além dos erros cometidos e do sufoco passado, entendemos que sem eles não haveria nenhuma evolução. Com a visão apurada para analisar as situações desta maneira, sair dos livros para a realidade de uma agência de publicidade não se torna um bicho de sete cabeças.

3 meses de perrengues na agência

Olhando de fora, três meses parece pouco tempo para tanto perrengue. Falando particularmente do meu caso, não tenho muito do que reclamar sobre desastres e sufocos de enlouquecer (ainda bem), mas confesso que muitos deslizes foram cometidos pelo maior problema da geração (e meu, óbvio): a pressa e o perfeccionismo exacerbado.

Posts A indo para a empresa C ao invés da B, textos refeitos milhares de vezes (hipérbole nossa de cada dia) que acabam perdendo a linha de raciocínio e assim vai. Alguns desses erros poderiam ter sido evitados? A maioria deles, para falar a verdade. Mesmo assim, esses erros mudaram a minha forma de encarar situações mais estressantes, o que fez deles muito úteis. Tudo é aprendizado.

É aquilo, né? Foco na agência

É aquilo, né? Foco na agência! No meu primeiro dia na agência, o tempo passou muito rápido: cheguei 13h30, pisquei e já eram 18h. Assim foi até eu me acostumar com o ritmo dos jobs e da demanda das funções… daquela semana.

Queria poder dizer que em três meses em uma agência de publicidade eu aprendi a distribuir melhor meu tempo, mas isso não aconteceu ainda com excelência. Pensamento positivo que logo dá certo!

3 meses de desabafos da Estagiária

Como já foi mencionado nesta matéria (desabafo da estagiária) não tive muitos sufocos de arrancar os cabelos durante meus primeiros 3 meses na agência, o que foi ótimo! Mas nem por isso eles deixaram de existir, infelizmente. Quando a sensação de vergonha bate a porta por erros bobos, é comum ficar triste (e chorar no banheiro – isto é só piada mesmo, ok?) e mais comum ainda pedir ajuda pra resolver.

A sensação de conseguir resolver o problema é satisfatória. Mas melhor ainda é quando você (sozinha) já consegue raciocinar e começa a tomar as rédeas para sanar tais impasses. Este foi o aprendizado de que mais me orgulho e agradeço por quem sempre teve paciência para lidar com estes erros dignos de um estagiário.

O pessoal da agência

Ah, o pessoal da agência! Tá, pode parar, ninguém me OBRIGOU a escrever esse subtítulo e muito menos a deixá-lo por final para fechar esta matéria, mas tenho algumas considerações que gostaria que soubessem. Como o quanto são receptivos e MUITO criativos (de verdade, você já viu nosso trabalho? então concorda comigo!). Mas como qualquer pessoa possuem um grande defeito: ôh, povinho viciado em café e cuca! (o que adorei)

Mas além de toda a cuca de banana, farofa, abacaxi e uva o pessoal da agência me fez sentir em casa e nunca me tratou como uma estagiária. Pra eles eu sou como alguém da equipe. E só, sem rótulos. O que me fez acreditar mais no meu potencial e conseguir caminhar sozinha.

Até hoje não entendo como ainda me aguentam pedindo coisas e incomodando nas horas mais inconvenientes (deve ser por isso que minhas cartelas de Paracetamol vão sumindo gradativamente…). Por baixo de todas as piadinhas, espero que tenha ficado claro que o pessoal aqui da Gasosa são mais que colegas de trabalho pra mim, são amigos.

Então se você me perguntar: “Como foi trabalhar por 3 meses em uma agência de publicidade?”, eu vou te responder que não mudaria nada, mesmo os perrengues e pepinos que eu mesma causei e muito menos por ter comido tanta cuca! Brincadeiras a parte pra dizer que essa equipe me conquistou e que merecem ter o maior subtítulo da matéria. E é isso.

Quer nos conhecer ainda mais? Entre em contato ou siga a gente nas Redes Sociais.
[Facebooke [Instagram].

Agência Gasosa

Somos a Gasosa: acreditamos na comunicação efervescente, aquela inteligente, que puxa um sorriso de canto de boca e traz resultados evidentes.

Comentários

Contato